Comportamento de gatos: dicas para seu bichano

Uma vez que os gatos passam quase a totalidade do tempo em ambiente restrito, o enriquecimento ambiental é essencial para seu bem-estar.

Certos mitos disseminados sobre os gatos ao longo do tempo trazem diversos prejuízos para os indivíduos da espécie. Por exemplo, ao falar que os gatos exigem menos atenção que os cães, é muito frequente encontrar quem acredite que, para manter um bichano feliz, basta fornecer a ele comedouro, bebedouro e caixa de areia. Mas não é bem assim.

De fato, os gatos tendem a ser menos emocionalmente dependentes do tutor (o que não quer dizer que não precisem de atenção e que não criem vínculos com a família). Além disso, o padrão de atividade natural dos bichanos se acomoda bem à vida moderna: com responsável crepusculares, os gatos ficam mais ativos no início da manhã e no fim da tarde, período em que muitos tutores estão em casa.

Por outro lado, por serem animais territorialistas, um ambiente adequado e previsível é de extrema importância para eles. Como caçadores natos, esses pets também dependem do estímulo a comportamentos de caça para que fiquem bem física e emocionalmente.

Por que é importante enriquecer o ambiente dos gatos?

Independentemente do tamanho, a casa ou apartamento é o território dos felinos domésticos. É lá que eles passam todas as horas do seu dia, sem oportunidade de receberem estímulos externos, uma vez que não é recomendado permitir o acesso deles à rua. Daí a importância de garantir os meios para que eles possam expressar seus comportamentos naturais em ambiente restrito, por meio do enriquecimento ambiental.

A falta de recursos e de um ambiente adaptado às suas necessidades favorece o surgimento de diversos problemas, como o estresse crônico, que pode levar a comportamentos indesejados, como a agressividade e eliminação em locais. Estudos científicos recentes também sugerem uma relação entre o estresse e o desenvolvimento de doenças renais nos bichanos.

Dicas para enriquecer o ambiente dos gatos

O primeiro passo para começar a enriquecer o ambiente dos felinos domésticos é compreender os responsável particulares da espécie.

Carnívoros especializados, os gatos são grandes caçadores, gastando a maior parte do tempo em vida livre — isto é, quando estão acordados — perseguindo presas, como pequenas aves e roedores, répteis e até insetos. Isso estimula todos os seus sentidos, a cognição e a atividade física, movimentando a musculatura do gato, que é adaptada para esse fim.

O próprio padrão de atividade dos bichanos é uma adaptação para a caça, devido a maior facilidade para caçar no início da manhã e no fim da tarde. Já a quantidade de horas de sono é consequência da energia gasta necessária para perseguir as presas.

Para simular a atividade em casa, invista em brinquedos que estimulem uma ou mais das etapas da sequência comportamental de caça: detectar pelo faro ou pela audição, espreitarr a presa, perseguir, apreender, lutar e destrinchar a presa. É o caso de comedouros-brinquedos, varinhas com penas ou fita, jogos de tabuleiro próprios para gatos e até o divertido laser.

Outras necessidades da espécie que devem ser atendidas são a verticalização do ambiente, visto que os bichanos gostam de ocupar lugares altos para melhor controle do ambiente; a disponibilidade de refúgios (nichos, túneis e tocas), arranhadores para alongamento, alívio de estresse, marcação de território e desgaste das unhas; e a caixa de areia, que tem papel essencial na complexa sequência comportamental de eliminação dos bichanos.

Por fim, é muito importante que tais recursos estejam disponíveis em quantidade suficiente para o número de gatos, descentralizados e setorizados pela casa.

Para mais informações acerca dos recursos imprescindíveis para os bichanos, confira o conteúdo especial sobre brinquedos e outros acessórios para cães e gatos.

Agradecimentos: Colaboraram para a produção da matéria Dalton Ishikawa, médico-veterinário comportamentalista e fundador da Pet Games e Juliana Damasceno, doutora em Psicobiologia e fundadora da WellFelis Bem-Estar e Comportamento Felino.

Comportamento
Quando conhecemos mais sobre o comportamento de gatos, podemos...
Ler sobre...
Medicina Preventiva
Manter seu pet sempre limpinho é um dos pontos importantes...
Ler sobre...